quarta-feira, 30 de setembro de 2009

TWITTER vale 1 bilhão de dólares

Tecnologia

NOTÍCIA

Pimeiro questionaram se o Twitter era um negócio. Agora, questiona-se o quão grande esse negócio pode se tornar. O CEO Evan Williams confirmou na semana passada que o serviço de microblogging recebeu novos investimentos, chegando a US$ 100 milhões, o que avalia a empresa em US$ 1 bilhão. Dentre seus investidores estão Spark Capital, Benchmark Capital, Institutional Venture Partners, T. Rowe Price e Insight Venture Partners.

Agora, eles esperam um crescimento exponencial das receitas publicitárias do Twitter, que ainda precisa faturar seus primeiros dólares, e em um mercado congelado. A infusão de dinheiro coloca pressão no Twitter para faturar seus primeiros US$ 100 milhões nos próximos dois anos. E deve-se contar que a rede social é diferente de Facebook, Google, AOL e Netscape.

Os anunciantes já usam o Twitter para se comunicar com seus fãs, assim como fazem com o Facebook, e não precisam pagar nada para ter seguidores. O contato direto é considerado valioso. Mas será que é valioso para o Twitter também? Com o investimento ocorre também a expectativa de receitas correspondentes e, embora serviços corporativos e análises sejam mercados interessantes, é a publicidade que dará escala ao negócio.

Por isso, é inevitável que o Twitter entre neste ramo, embora seu co-fundador Biz Stone diga que não há planos para que isto ocorra até o final deste ano.Para Michael Lazerow, CEO da Buddy Media, o que é interessante no Twitter é que se trata de uma das poucas plataformas que permite conversa dos dois lados. Mas será que é um negócio de US$ 1 bilhão?O Twitter pode obter receitas desde já, mas não está na estrada para isso.

Observadores apontaram que a rede não começou a rodar anúncios contextuais nos tweets, como o Google faz. Ele poderia colocar publicidade baseada no conteúdo dos tweets, combinado com o que a rede sabe sobre o usuário, com dados do perfil.O problema é que cada vez mais usuários acessam o Twitter por aplicativos como TweetDeck e Tweetie, que não são da rede e cujos serviços necessitam de um modelo de negócio e podem incluir publicidade.

De seu lado, o Twitter assiste a estratégias de sucesso de Pepsi, Dell e Jetblue, que utilizaram o serviço para se conectar com fãs.O dinheiro permitiria ao Twitter fazer algumas aquisições, como a do encurtador de URL´s Bit.ly, além de empresas que criam aplicativos e painéis de controle para gerenciar o Twitter em corporações.

Com avaliação em US$ 1 bilhão, os investidores do Twitter acreditam nos seguintes caminhos: um IPO (abertura de capital na bolsa) ou aquisição. Até este momento, a empresa já recusou propostas de Facebook, Google e Microsoft.

Fonte: http://www.meioemensagem.com.br



OPINIÃO
Assim como outros sites de realcionamento e redes sociais se utilizam das propagandas para gerar receita, é mais do que natural que o Twitter também faça isso. Seus criadores estarão perdendo a oportunidade de faturar se não começarem logo a explorar o lado comercial do site. Vivemos em um mundo capitalista, dinheiro, digamos, é quase tudo! Eu não deixaria passar, utilizaria todos os meios possíveis para ganhar uma boa grana através do Twitter. Tudo é uma questão de tempo, logo criam outro site e o Twitter começa a perder popularidade, como vem acontecendo com o Orkut, dai o bonde já passou e perderam a carona!

Conheça os vencedores do Prêmio Comunique-se 2009

Prêmio

NOTÍCIA

Categoria Comunicação
Agência de Comunicação – In Press Porter Novelli
Propaganda e Marketing – Marili Ribeiro, de O Estado de S. PauloProfissional de Comunicação Corporativa – Fernando Thompson, da Vale

Categoria Jornalista de Sustentabilidade
André Trigueiro, da TV Globo News

Categoria Jornalista de Cultura
Mídia Eletrônica – Marcelo Tas, da TV Bandeirantes
Mídia Impressa – Artur Xexéo, do O Globo

Categoria Blog
Blog do Noblat

Categoria Jornalista de Tecnologia
Daniela Braun, do IDG Now!

Categoria Correspondente Internacional
Correspondente Brasileiro no Exterior - Mídia Eletrônica – Sonia Bridi, da TV Globo
Correspondente Brasileiro no Exterior - Mídia Impressa – Sérgio Dávila, da Folha de S. Paulo
Estrangeiro no Brasil – Todd Benson, da Reuters

Categoria Repórter
Mídia Eletrônica – Ernesto Paglia, da TV Globo
Mídia Impressa – Elvira Lobato, da Folha de S. Paulo
Repórter de Imagem – Evandro Teixeira, do Jornal do Brasil

Categoria Colunista
Colunista de Notícias – Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo e Rádio BandNews FM
Colunista de Opinião/Articulista – Luis Fernando Veríssimo, do Zero Hora, O Globo e O Estado de S. Paulo
Colunista Social – Sonia Racy, de O Estado de S. Paulo

Categoria Jornalista de Política
Mídia Eletrônica – Lucia Hippólito, da Rádio CBN
Mídia Impressa – Clóvis Rossi, da Folha de S. Paulo

Categoria Jornalista de Esporte
Mídia Eletrônica – Tadeu Schmidt, da TV Globo
Mídia Impressa – Juca Kfouri, da Folha de São Paulo
Locutor Esportivo – Luis Roberto, da TV Globo

Categoria Jornalista de Economia
Mídia Eletrônica – Joelmir Beting, da TV Bandeirantes
Mídia Impressa – Carlos Alberto Sardenberg, de O Estado de S. Paulo e O Globo

Categoria Executivo de Veículo de Comunicação
José Trajano, da ESPN

Categoria Apresentador
Âncora TV – Renata Vasconcelos, da TV Globo
Rádio – Milton Jung, da Rádio CBN

Fonte: http://www.comunique-se.com.br



OPINIÃO
Parabéns ao Comunique-se pela realização do prêmio, a todos os profissionais que concorreram e e especialmente aos vencedores!

sábado, 26 de setembro de 2009

O Brasil olímpico

Torcida

NOTÍCIA

A revista Época desta semana traz na capa as olimpíadas no Brasil. Pela primeira vez o Rio de Janeiro é um dos favoritos a sede das Olimpíadas. A decisão desta semana é importante não só para a cidade, mas para o país

Às 13h30 (hora de Brasília) da próxima sexta-feira, 2 de outubro, o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacques Rogge, ocupará o púlpito do auditório do Bella Center, um centro de convenções de Copenhague, a capital da Dinamarca.

Fará um breve discurso protocolar, em inglês e francês, elogiando as quatro cidades candidatas a sede dos Jogos Olímpicos de 2016 – Chicago, nos Estados Unidos; Madri, na Espanha; Rio de Janeiro, no Brasil; e Tóquio, no Japão. Dirá que qualquer uma das quatro poderia ser escolhida, mas que infelizmente só pode haver um vencedor.

Na plateia, provavelmente estarão de mãos dadas, sentados lado a lado, o presidente Lula; o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho; o prefeito carioca, Eduardo Paes; e o secretário-geral da candidatura carioca, Carlos Roberto Osório.

Rogge abrirá, então, um envelope branco onde estará escrito o nome da cidade eleita minutos antes, por voto secreto, pelos 106 membros do COI. Há uma grande chance de que diga, então, enquanto vira para as câmeras a face escrita do papel: “O Comitê Olímpico Internacional tem a honra de anunciar que os 31º Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de verão, em 2016, são agraciados à cidade do Rio de Janeiro”.

Caso isso ocorra, a festa começará na Praia de Copacabana, e o trabalho de 2.499 dias até a cerimônia de abertura da primeira edição dos Jogos Olímpicos na América do Sul, que envolverá não apenas uma cidade, mas o país inteiro, estará só começando...

Fonte: http://www.epoca.com.br/



OPINIÃO
Do ponto de vista do esporte, do turismo, da geração de emprego e visibilidade internacional, as olímpiadas no Brasil vai ser sensacional. Por outro lado assusta ao pensarmos no alto investimento que será feito, aumento de gastos, quem vai pagar essa conta? Sem dizer que o Brasil é deficiente em muitas áreas, como saúde, educação, não seria o caso de priorizar tais setores ao invés de eventos mundiais. Não sou contra a olímpiada, pelo contrário adoro a idéia! O problema é que todo o investimento vai ser feito em uma única cidade, o Rio, e o Norte e Nordeste que são tão carentes vão continuar sofrendo as mazelas da pobreza assistindo um Brasil olímpico que não condiz com a realidade.
Outra coisa é a questão da preparação dos atletas, o Brasil tem por obrigação obter bons resultados, em número de medalhas, já que vai abrigar os jogos. O problema é que investir somente agora nos esportes, não sei se vai dar resultado, rendimento de auto nível se conquista a longo prazo, não dá pra fazer milagre. Espero que não passemos vergonha quanto ao desempenho dos nossos atletas.

Tensão diplomática

Conflito

NOTÍCIA

Na capa da revista Istoé desta semana, assim com da Veja, o tema principal é o caso Honduras.
Terça-feira, 22 de setembro, as tropas fiéis ao presidente golpista de Honduras, Roberto Micheletti, cercam a embaixada brasileira, onde está abrigado o presidente deposto manuel Zelaya: soberania ameaçada.

O ATAQUE
Bombas de gás lacrimogêneo e jatos d'água são lançados nos manifestantes e contra a embaixada brasileira.

AS VÍTIMAS
Em frente à sede do governo brasileiro em Honduras, simpatizantes de Zelaya são reprimidos e cerca de 300 pessoas se refugiam na embaixada.

O ALVO
Depois de retornar ao país escondido no porta-malas de um carro e fazer um comício fora de hora, Zelaya dorme no gabinete do embaixador brasileiro...

Fonte: http://www.istoe.com.br/




OPINIÃO
Diferente da revista Veja, a Istoé se concentra mais em abordar a tensão interna em Honduras, conflito este, que precisa acabar imediatamente. O presidente interino Micheleti, tem que respeitar a soberania do Brasil e os organismos internacionais. Não podem atacar nem bloquear a embaixada brasileira, que por lei é território brasileiro. O que ele está fazendo é crime e deve ser combatido, nem que seja preciso o uso da força.

O pesadelo Honduras

Diplomacia

NOTÍCIA

A capa da revista Veja desta semana aborda o tema Honduras. Na contramão da tradição diplomática nacional, o Brasil se intromete na política interna de outro país e o faz da pior maneira possível, como coadjuvante de Hugo Chávez.

Lula tem na política o instinto matador que caracteriza os grandes artilheiros do futebol tão admirados por ele. Na semana passada, essa habilidade abandonou o presidente da República.

Ele esteve em Nova York para discursar na abertura da 64ª Assembleia-Geral da ONU, palco privilegiado para fazer aquilo de que mais gosta e que faz como poucos: enaltecer o Brasil aos olhos do mundo. Em sua fala, Lula assinalou os avanços no uso de energias limpas no Brasil e mesmerizou os burocratas internacionais com ataques à caricatura do mercado onipotente. Ficou nisso.

A maior parte do tempo passado sob os holofotes foi dedicada por Lula a falar de um país estrangeiro, Honduras, uma nação paupérrima sem nenhuma relação especial com o Brasil. Politicamente instável, Honduras vem de ejetar do posto e exilar um presidente, Manuel Zelaya, pela tentativa de desrespeitar a Constituição e, por meio da convocação de um plebiscito, perpetuar-se no poder...

Fonte: http://www.veja.com.br



OPINIÃO
Concordo com a revista veja no que diz respeito ao Brasil, que com tantos problemas para se resolver aqui, o presidente Lula vai se envolver com o problema dos outros. Mas por outro lado temos que pensar que o Brasil é um líder na América Latina e precisa assumir essa posição em situações de risco. O mundo é contra o que está ocorrendo em Honduras, acredito que o Brasil só fez o que deveria ter feito diplomaticamente. Os EUA, como líder mundial, faz isso constantemente. Por que o Brasil não deveria fazer? seria egoismo demais pensar apenas em nós e esquecer os companheiros latinos que ainda precisam consolidar suas democracias.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Ronaldinho Gaúcho no Corinthians

Esporte

NOTÍCIA

O presidente do Corinthians, Andres Sanchez, foi à Itália para se encontrar com o meia-atacante Ronaldinho, do Milan, e tentar contratá-lo para 2010, ano do centenário do clube.

Ronaldinho começou a temporada cercado de apoio do dono do Milan, Silvio Berlusconi, e do técnico Leonardo, que deram diversas entrevistas apontando o jogador como o substituto de Kaká como principal nome da equipe. Mas, não conseguiu nem se firmar entre os titulares do time.

Com a má fase, ele teve que desmentir que tenha planos para se aposentar em breve, pois o jornal catalão "Sport" publicou que o atleta estava cansado do futebol e, por isso mesmo, pensando em abandonar a carreira.

O dirigente corintiano declarou acreditar que Ronaldinho pode se recuperar no Brasil e que, se o atleta aceitar voltar ao país, ele arrumará dinheiro para viabilizar a contratação.

Como venceu a Copa do Brasil, o Corinthians já assegurou vaga na próxima edição da Taça Libertadores, principal objetivo em 2010.

O Corinthians também quer manter o centroavante Ronaldo no elenco em 2010. Para isso, o jogador aguarda um novo patrocinador com interesse de, no mínimo, reeditar acordos nos moldes dos feitos em 2009, responsáveis por sua permanência no Parque São Jorge e, consequentemente, pela manutenção de seus ganhos no patamar de jogador de clube europeu.

Fonte: http://www.folha.com.br/



OPINIÃO
Seria bom ver o Ronaldinho Gaúcho no Corinthians, não sei se ele vai render, bom ele é, e nós sabemos, não está em boa fase, mas pode se recuperar, sem contar que ele, assim com Ronaldo, é uma mina de ouro, quando se fala em publicidade. Bom para os cofres dele e do clube.

Éramos Seis vai virar filme

Cinema

NOTÍCIA

Popularizada em duas novelas para a televisão (1977, Tupi e 1994, SBT) a história "Éramos Seis" vai ganhar uma versão para o cinema com direção de Nilton Travesso e roteiro de Marcos Caruso e Jandira Martini.

A ideia de produzir um filme para o clássico de Maria José Dupré surgiu durante a festa de aniversário do ator Tarcísio Filho e ganhou força alguns dias depois quando Nilton, Caruso e Jandira se encontraram novamente. "Quero fazer o filme porque a beleza de São Paulo merece ser cenário de cinema. Não quero mostrar a violência da cidade, mas as emoções vividas em São Paulo", explica Nilton Travesso .

Se tudo correr dentro do planejado, o primeiro roteiro estará pronto no início do ano que vem e o elenco definido logo após o carnaval. O diretor Nilton Travesso já tem uma certeza: convidará Tarcísio Filho para interpretar Júlio, que no SBT ganhou vida através de Othon Bastos. Ele também sonha com Irene Ravache e Denise Fraga neste trabalho.

Fonte: http://www.jovempan.com.br



OPINIÃO
Que legal! Éramos Seis foi uma grande novela, a melhor, brasileira, exibida pelo SBT. Já li o livro, assisti a segunda versão da novela e agora com certeza quero ver o filme em 2010. Nilton é um grande diretor, Marcos Caruso e Jandira Martini excelentes atores e autores. Não tenho dúvida que vai ser sucesso.

sábado, 19 de setembro de 2009

A dieta do prazer

Saúde

NOTÍCIA

A revista Istoé traz na capa o tema alimentos que estimulam a sexualidade, o desejo e consequentemente fazem bem a saúde.

A combinação de sexo e alimentos sempre fez parte das fantasias da humanidade. Conhecida como a fruta do pecado, a maçã, por exemplo, é o símbolo da tentação. Vermelha e suculenta está associada ao triunfo dos impulsos, ao desejo, à sensualidade. Portanto, é afrodisíaca. Uma fama que atravessou séculos.

Ostras e pimentas também compõem a lista de alimentos aos quais se atribui o poder de melhorar a vida sexual. E, se até agora suas qualidades estimulantes eram tidas como folclore por muita gente, seus efeitos começam a ser vistos com outros olhos pela ciência e estudados com mais rigor.

Um dos motivos para esse interesse é o reconhecimento, pela Organização Mundial de Saúde, de que a atividade sexual satisfatória é um dos pilares da boa qualidade de vida. Por isso, vale à pena procurar tudo o que possa contribuir para que isso se torne uma realidade cada vez mais acessível a todos.

É um esforço que está produzindo novas informações sobre o papel dos nutrientes para enriquecer cada etapa, da atração ao orgasmo, do desejo ao aumento da fertilidade. E, aos poucos, faz surgir o que se pode chamar de dieta da sexualidade...

Fonte: http://www.istoe.com.br

OPINIÃO

Desde que o mundo é mundo, existe a crença nos alimentos afrodisíacos, não é uma novidade. O interessante é que tais alimentos tem sido estudados e muitas das crenças estão se confirmando cientificamente. Então comamos os manjares do prazer e tenhamos boa saúde e disposição para os melhores momentos.

Amor e Sexo na internet

Comportamento

NOTÍCIA

A revista Época desta semana traz na capa uma reportagem em que após 15 meses num site de relacionamento, o repórter da revista conta como foi a experiência de se relacionar e encontrar parceiros pela internet.

Desde maio do ano passado, quando se cadastrou, mais de 7 mil mulheres acessaram o perfil dele. Deve ter visto fotos de mais de 15 mil mulheres. Acessou 3 mil perfis. Recebeu e-mails de 1.200. Só teve contato com as que ele mesmo buscou. Mandou mensagens para 500. Recebeu respostas de 85. Conheceu 18 pessoalmente. Namorou e transou com seis...

Fonte: http://www.epoca.com.br



OPINIÃO
Que coisa não. O repórter mergulhou fundo nessa matéria, chegou até a transar com as garotas que ele conheceu na net. É a primeira vez que eu soube de uma experiência dessas. O bacana é que ele pode contar como foi a experiência para mostrar a realidade dos relacionamentos na internet e fora dela. Reportagem criativa e inovadora. Parabéns!

O açúcar é uma droga

Saúde

NOTÍCIA

A capa da revista Veja desta semana traz como tema os malefícios do açúcar. Entre eles a obesidade mórbida que tem afetado grande parte da população mundial.

No dia em que o primeiro europeu colocou uma pitada de açúcar na boca, o mundo começou a girar mais rápido. A data precisa desse acontecimento não foi registrada pela história, mas se deu em algum momento da Idade Média. De lá para cá, na vertigem da descoberta do açúcar, a civilização ocidental passou a mudar num ritmo intenso.

Em séculos de tragédia e glória, o açúcar transformou a alimentação do Ocidente, escravizou gerações de africanos nas Américas, foi combustível da Revolução Industrial, promoveu guerras e impérios, dizimou paraísos ecológicos, ergueu e pulverizou fortunas e, nos trópicos, moldou a identidade brasileira.

Movido pela sua energia calórica, o mundo segue girando rápido, tão rápido que estamos agora na soleira de outra mudança vertiginosa: o açúcar começa a ser considerado um vilão da saúde humana, um veneno tão prejudicial que merece ser tratado com o mesmo rigor empregado contra suprema decadência! o tabaco. Está mais perto o dia em que um pacote de açúcar trará a inscrição: "O Ministério da Saúde adverte: este produto é prejudicial à saúde"...



Fonte: http://www.veja.com.br

"Salve Geral" representa o Brasil no Oscar 2010

Cinema

NOTÍCIA



O Ministério da Cultura acaba de anunciar o filme brasileiro na disputa pelo Oscar 2010. "Salve Geral", do diretor Sérgio Rezende, foi o escolhido para concorrer ao prêmio de Melhor Filme Estrangeiro.


Em 2 de fevereiro de 2010, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, organizadora do Oscar, anuncia os cinco filmes finalistas da categoria, selecionados a partir das indicações feitas por mais de 95 países. A premiação acontece em 7 de março de 2010.


Veja abaixo a sinopse de "Salve Geral", que estreia no circuito nacional no próximo dia 2 de outubro, e um perfil de Sergio Rezende, divulgados pelo Ministério da Cultura.


Sinopse de "Salve Geral"


Lúcia (Andréia Beltrão) é uma viúva de classe média que sonha em tirar o filho Rafael (Lee Thalor), de 18 anos, da prisão. Em suas frequentes visitas à penitenciária ela conhece Ruiva (Denise Weinberg), advogada do Professor (Bruno Perillo), líder do Comando. As duas ficam amigas e logo Lúcia é usada em missões ligadas à organização criminosa.Precisando do dinheiro, ela aceita realizar as tarefas.


Paralelamente o Comando passa por uma luta interna pelo poder, ampliada pelo confronto dos prisioneiros com o sistema carcerário. Quando o governo decide transferir, de uma só vez, centenas de presos para penitenciárias de segurança máxima no interior do estado, o Comando envia a ordem para que seus integrantes realizem uma série de ataques em pleno Dia das Mães, deixando a cidade de São Paulo sitiada.


Ano de lançamento (Brasil) - 2009

Direção: Sérgio Rezende

Atores: Andréa Beltrão, Denise Weinberg , Lee Thalor , Eucir de Souza , Kiko Mascarenhas

Duração: 2h


O diretor Sérgio Rezende


Um dos mais destacados cineastas brasileiros em atividade, o carioca Sergio Rezende é autor de obras importantes, dentre as quais se destacam filmes como Guerra de Canudos (1997), exibido no Festival de Berlim, e se tornou um fenômeno de bilheteria em 1997; Mauá, O Imperador e o Rei (1999) que ganhou o Prêmio Garça de Ouro do Festival Hispânico de Miami ,tendo sido exibido em diversos outros Festivais; Lamarca (1994) projetado em Toulouse, Trieste, Hong Kong, Shanghai, Istambul, Porto Rico, Havana, com aplausos da crítica especializada ; O Homem da Capa Preta com 1 milhão de espectadores em salas de cinema, num marco de produção e direção ; Zuzu Angel (2006), ganhador do prêmio de melhor atriz para Patrícia Pillar e melhor filme no Festival de Cinema Brasileiro em Paris.


Veja o trailer do filme "Salve Geral"


video

Mudanças nos cursos de jornalismo

Jornalismo

NOTÍCIA

A Comissão do Ministério da Educação (MEC), formada para discutir mudanças nos cursos de jornalismo, fez nesta sexta-feira (18/09), a entrega oficial do relatório ao ministro Fernando Haddad.

A proposta sugere a separação da graduação da comunicação social, aumento da carga horária do curso, estágio obrigatório e supervisionado, além da criação de eixos pedagógicos.

A proposta da comissão é aumentar a carga horária da graduação de 2,8 mil horas para 3,2 mil horas durante os quatro anos de curso. Desse período, a comissão sugere que 200 horas sejam de estágio obrigatório em veículos de comunicação. O relatório incentiva as universidades a firmarem convênios com as empresas de jornalismo.

Segundo Melo, a proposta valorizará a graduação em jornalismo, formando profissionais mais bem preparados.

A proposta seguirá para o Conselho Nacional de Educação, mas ainda não tem data para aprovação. O relatório da comissão está disponível no link http://migre.me/7iPb

Fonte: http://www.comunique-se.com.br



OPINIÃO

Pelo que pude perceber no relatório, as mudanças são boas e pra melhor. O ponto que mais me agradou foi o estágio supervisionado obrigatório, só assim os alunos vão poder realmente conhecer uma rotina de trabalho jornalístico e vai aproximar os futuros profisionais do mercado.

Curso promete formar jornalista em 45 horas

Jornalismo

NOTÍCIA

“Diploma não é necessário. Para trabalhar como Jornalista, faça um curso rápido”. É dessa maneira que a empresa Cursos 24 Horas anuncia treinamento para pessoas interessadas em trabalhar com jornalismo na Internet. Com custo de R$ 40 e duração de 45 horas, o curso promete formar “um Cyber Repórter de sucesso”.

“A queda da obrigatoriedade do diploma continua incentivando o surgimento de maus profissionais. Agora há um site oferecendo um curso completo de jornalismo online em menos de dois dias corridos. Um verdadeiro curso caça-níqueis”, manifestou o Sindicato dos Jornalistas do Ceará.

O supervisor de atendimento da empresa, Luiz Henrique Campos, defende o curso, afirmando que os alunos formados “têm todas as condições para trabalhar com jornalismo online”.Campos explica que a duração de 45 horas é apenas uma estimativa, que varia de acordo com o interesse do aluno.

Diz ainda que existe um professor disponível para tirar todas as dúvidas e ressalta a facilidade do curso totalmente online, que pode ser feito em qualquer horário, de qualquer lugar.

Sobre a qualidade, afirma que o curso existe desde 2003 e existem ex-alunos trabalhando na área. "Principalmente agora que não precisa mais do diploma”.

Fonte: http://www.comunique-se.com.br




OPINIÃO
O surgimento de cursos como este vai se tornar comum. A decisão do STF em desobrigar a exigência do diploma abriu margem para questões deste tipo. Agora é aceitar, embora eu não acredite que alguém possa aprender alguma coisa em tão pouco tempo.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Séries no SBT

Novidade

NOTÍCIA


Finalmente, o SBT descobriu que tem boas séries que são subaproveitadas na grade de programação. Títulos como Grey’s Anatomy, The Closer, Cold Case e Fringe, entre outros, estão servindo como tapa-buracos e vão ao ar em horários inconvenientes, às vezes, às 3 horas da madrugada, e sem lugar fixo. Não raro, a emissora troca a série de horário ou a retira do ar sem aviso prévio.



Ao que parece, a diretora artística do SBT, Daniela Beyruti, também filha de Silvio Santos, resolveu arrumar a casa. Ela criou uma faixa de séries diária, às 21 horas, para acomodar algumas atrações. A exibição será feita como na Globo. "Pretendemos exibir uma série por vez, capítulo após capítulo, série após série, temporada após temporada", conta Daniela. "Nosso povo está habituado à novela. Gostamos de ver logo o que vai acontecer. Nossa decisão foi baseada no hábito do telespectador brasileiro".



Talvez esse não seja o esquema de exibição ideal, uma vez que algumas séries possuem várias temporadas e ainda não foram canceladas. O SBT terá, então, de intercalar atrações. "Pretendemos exibir as temporadas na sequência, mas isto vai depender do desempenho de cada série. Quando terminar uma série, vamos exibir outra, e assim por diante", diz a diretora.


O título que abriu a faixa de séries, na segunda, foi Harper’s Island, suspense de apenas uma temporada, com 13 episódios. "Vamos divulgar a série que entrará na sequência depois dessa estreia", fala ela.


Por enquanto, as séries que vão ao ar na madrugada continuarão na madrugada – a exceção é Grey’s Anatomy, que já saiu da grade. Somente enredos novos como The Mentalist e Fringe serão agraciados com o novo horário. "Estamos desenvolvendo a nossa ideia. Ainda não está tudo certo", fala Daniela. As atrações mais fortes, como Californication, com classificação indicativa de 18 anos, irão ao ar nesse horário ou aos domingos, após o Programa Silvio Santos.



Daniela fez pesquisa na internet para detectar a insatisfação do público com o horário atual das séries no SBT. "Muitos dos nossos telespectadores reclamam que nossas séries são boas, mas de difícil acesso. Estamos facilitando o acesso a este conteúdo", fala ela.

"Temos o melhor pacote de séries da televisão brasileira. O SBT sempre quis dar ao público produtos diferenciados", continua. "Acreditamos que, com as séries, vamos dar ao público uma opção de entretenimento com bom conteúdo e ótima qualidade Esperamos que o povo goste.



OPINIÃO
Eu adorei, mas infelizmente eu não posso assistir, pois nesse horário eu estou na faculdade, mas a idéia foi sensacional, o brasileiro não tem o hábito de assistir series pelo fato da tv aberta dar pouca importancia para esse tipo de produção. Pode ser o começo de uma nova era, quem sabe com o tempo não passam a produzir séries nacionais. Eu prefiro série à novela. Aí como eu queria poder assistir.

Roberto Justus estreia 1 contra 100

Novidade

NOTÍCIA

Roberto Justus deixa o estilo de empresário arrojado que encarnava em "O Aprendiz", da Record, para ter uma performance mais ao estilo de Silvio Santos à frente do game show "1 Contra 100", que estreia hoje no SBT, às 22h30. "Eu precisava mostrar um outro Roberto Justus para o público. Era o momento de fazer algo diferente e o SBT acenou a bandeira para mim na hora certa. O SBT foi mais apetitoso", diz Justus.

O apresentador explica que a oferta salarial não foi o principal atrativo para a troca de emissora. "Não foi por dinheiro. Eu fui seduzido pelo Silvio Santos. Foi gostoso ouvir que éramos parecidos: ambos apresentadores e empresários. É uma honra ser comparado a ele." O contrato com o SBT é diferente do que tinha na Record: agora, Justus divide lucros e despesas com a emissora. No primeiro semestre de 2010, Roberto Justus deve comandar uma segunda atração no canal.

O Programa

O game show vai ter uma hora de duração com 101 candidatos na disputa. Um jogador fica ao lado do apresentador e os outros 100 participantes de frente para a dupla. Para o jogador solitário levar R$ 1 milhão para casa ele precisa provar que sabe mais do que todos os 100 candidatos. Justus faz as perguntas de conhecimentos gerais.

Tanto o jogador quanto a multidão podem respondê-las. Mas, para o jogador se sair bem no resultado final, ele também precisa torcer para que o maior número possível de oponentes erre a resposta e deixe a atração. Ao longo do game, Roberto Justus adota a cartilha de Silvio Santos e faz brincadeiras com o candidato - mas também o pressiona. Tudo como o patrão fazia no "Show do Milhão".

Fonte: http://www.estadao.com.br



OPINIÃO
Acredito que vai ser um bom programa, Justus já provou que é um bom profissional e o formato da atração é sucesso em vários países. Eu até me inscrevi, quem sabe não da certo e eu ganho 1 milhão, vamos torcer. Para quem quiser, as inscrições podem ser feitas no site do SBT. www.sbt.com.br

SBT é contra igreja na TV

Polêmica

NOTÍCIA



Na última segunda-feira , o diretor de rede do SBT, Guilherme Stoliar, foi a Brasília questionar ao governo sobre o avanço das igrejas, principalmente evangélicas, nas grades de programação das TVs. Em reunião com o ministro das Comunicações, Hélio Costa, Stoliar o questionou sobre a legalidade do arrendamento de espaços na televisão por igrejas.

Nos últimos anos, o SBT perdeu afiliadas para a Rede Record, controlada pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Neste ano, ficou sem sinal em Cuiabá, capital do Mato Grosso, após a parceira local da emissora paulista ter migrado para a Band, mediante parceria com a igreja que controla a Rede 21 (do Grupo Bandeirantes).

Em agosto, durante almoço com jornalistas, Stoliar ressaltou que "vender horário na TV, seja para igreja ou programa de vendas, é contra a lei". O executivo do SBT se baseou no decreto que regulamenta as operações de TV e rádio. O texto limita em 25% a cessão de espaços pelas emissoras. Na Record, por exemplo, só a Igreja Universal, em cinco horas diárias, ocupa 21% do total da programação.

Fonte: http://www.portalimprensa.com.br



OPINIÃO

Concordo com o executivo do SBT, as igrejas estão extrapolando, querem ocupar muitas horas na tv, obrigando o telespectador a engolir goela abaixo o que eles pregam. Acredito que assim como a igreja católica, a evangélica também deveria ter um canal só delas, dai se o público quisesse ele sintonizava lá. Outra situação que está insuportável são os programas que ocupam em geral a hora do almoço e vendem emagrecedores e equipamentos de ginástica, além de serem programas muito mal feitos, eles são mentirosos e enganadores, será que ninguém vê isso. As propagandas precisam de um controle maior, o povo não pode ser vítima de tanta enganação.

Record estreia o R7

Novidade

NOTÍCIA

A Rede Record estreia no dia 27 de setembro, data em que se comemoram os 56 anos da emissora e o aniversário de dois anos da Record News, o portal R7, que já conta com uma equipe de 160 profissionais, muitos deles vindos de veículos como Folha Online, UOL, Agora São Paulo, entre outros.

O portal irá concorrer com o Terra, IG, UOL e G1. O R7 reunirá material exclusivo do portal de vídeos da TV Record, da Record News, Record Internacional e de outros veículos do grupo, como Correio do Povo e as rádios Cidade, Record e Guaíba. Além disso, o portal também fará parte da programação da Rede Record.

O R7 contará com blogs de personalidades, como Ana Hickmann, Britto Junior e os jornalistas Ana Paula Padrão, Britto Jr., Celso Freitas, Cosme Rímoli e Fabíola Reipert, além do conteúdo noticioso e de vídeos próprios.

Fonte: http://www.comunique-se.com.br



OPINIÃO
Embora o portal R7 pareça ser mais uma cópia que a Record faz da Globo, nesse caso o G1, acredito que é mais um espaço de informação e de conteúdo para o internauta brasileiro. A Record só poderia ser um pouco mais criativa para criar um nome que não remetesse ao portal das organizações Globo. Mas, é visível a intenção do canal do bispo em se inspirar no modelo Global, nos jornais, nas novelas, nos nomes dos programas, agora o site. O que será que vem depois?

Senado aprova liberdade na internet

Política

NOTÍCIA

O Senado aprovou ontem terça-feira os destaques da Reforma Eleitoral. O relator do projeto, Eduardo Azeredo (PSDB-MG), recuou em sua proposta e apresentou novo parecer, que liberou o uso da Internet durante as eleições. A votação da emenda foi simbólica, realizada por meio de acordo entre os líderes.

O novo texto determina que “é livre a manifestação do pensamento, vedado o anonimato durante a campanha eleitoral, por meio da rede mundial de computadores assegurando o direito de resposta”.

A liberdade também é estendida para “outros meios de comunicação interpessoal mediante mensagem eletrônica”. O texto diz ainda que “as representações pela utilização indevida da Internet serão apreciadas na forma da lei”.

A proposta anterior do senador Azeredo proibia que sites jornalísticos dessem “tratamento privilegiado a candidato, partido ou coligação, sem motivo jornalístico que o justifique”.
DebatesO Senado também aprovou novas regras para a realização dos debates eleitorais. As emissoras de rádio e TV não serão obrigadas a convidar todos os candidatos, apenas os que forem de partidos com mais de dez deputados federais. O texto determina ainda que os debates poderão ser realizados com a presença de dois terços dos candidatos a determinado cargo. Entretanto, a emenda abre brechas para discussões, já que os relatores da reforma alteraram o texto e estenderam as regras para a Internet.

O projeto da Reforma Eleitoral segue agora para a Câmara dos Deputados. Para que as novas regras sejam adotadas na eleição de 2010, o texto deve ser publicado no Diário Oficial da União até o dia 02 de outubro.

Fonte: http://www.meioemensagem.com.br



OPINIÃO
Foi sem dúvida uma decisão sensata, seria impossível e inconstitucional impedir a liberdade de expressão e de informação dos eleitores, uma verdadeira contradição, já que a queda do diploma de jornalista foi baseada no principio da liberdade. Ainda bem que o bom senso reinou no senado ontem. Agora é aguardar 2010 para medirmos o verdadeiro poder e influência que a internet vai ter no resultado das eleições.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

O dia em que a Globo foi humilhada

Neste video, o então apresentador do Jornal Nacional Cid Moreira, lê a carta de resposta de Brizola às acusações e perseguições da Globo. Foi um dos momentos mais humilhantes para Rede Globo, se não foi o mais humilhante.

video

Fonte: http://www.youtube.com

sábado, 12 de setembro de 2009

A vida de um assassino

Realidade

NOTÍCIA e OPINIÃO

Na capa da revista Época desta semana, Farah Jorge Farah, o ex-cirurgião plástico que esquartejou a ex-amante em 2003, contando como vive e o que pensa.

A matéria, um perfil na verdade, conta porque Farah matou a amante, como foi a vida na cadeia, e como ele vive desde de 2007 depois que deixou a prisão.

Farah conta que agiu em legítima defesa ao matar a amante, que o perseguia e já havia tentado matá-lo. Detalhe, o coração e o figado dela nunca foram encontrados. Pergunto eu, não os teria vendido?

Enfim, uma matéria desnecessária, não é de interesse público saber o que um assassino faz da vida, quanto mais saber que ele estudou direito e agora estuda filosofia. Com tanta pauta importante à ser coberta, a Época me vem com essa. Pelo amor de Deus, ainda bem que eu não assino essa revista.

Quando aconteceu o caso, foi um prato cheio, como sempre nesses casos, para o sensacionalismo e o espetáculo. Tudo bem, até porque já estamos acostumados com essa postura da imprensa brasileira, explorar os casos de assassinato, sequestro e outros crimes até o esgotamento, mas voltar agora, com esse cara na capa, como se ele fosse uma vítima, dar espaço para um criminoso, é sinal que estamos mal. Fico indignado!



O Brasil com Educação

Educação

NOTÍCIA e OPINIÃO

A revista Istoé traz na capa reportagem sobre a nova educação no Brasil, a realidade atual e o que vai mudar nos próximos anos.

Depois de longos anos de educação largada as traças, as mudanças vão começar. Desde o ensino infantil, o processo de alfabetização, até o ensino superior, alterações tem sido feitas, com a intenção de melhorar os níveis de educação no país.

As Faculdades e Universidades, algumas já vão utilizar o resultado do Enem para o ingresso dos jovens, outras ainda estudam o caso, mas será inevitável fugir dessa realidade. O resultado será uma concorrência mais honesta para todos.

O novo Enem já é uma realidade, e as escolas começam a adequar o conteúdo das disciplinas aos moldes do Exame Nacional do Ensino Médio.

A idéia é priorizar o raciocínio lógico, o cotidiano, o contexto real dos alunos. Ampliar as vagas em todos os níveis de educação, intensificar o controle sobre a qualidade do ensino, melhorias em infraestrutura, tudo deve contribuir para resultados tão esperados em anos.

Que bom que acordamos, um país só cresce de verdade, quando o seu povo tem o direito do saber, de estudar, ser alguém. Colheremos o trabalho inciado agora, anos mais tarde, mas vai chegar e é isso que importa.



O Fim da Crise

Economia

NOTÍCIA e OPINIÃO

A capa da revista Veja desta semana aborda o fim da crise mundial e o que será do mundo agora nessa nova fase.

A crise chegou ao fim? Economistas dizem que sim, pelo menos no Brasil. O IBGE divulgou essa semana dados que apontam que o país saiu da recessão econômica e o PIB voltou a crescer.

O mundo também aponta para a volta do crescimento, em especial os países em desenvolvimento, como China, Coréia do Sul e o Brasil.

As medidas tomadas pelo governo brasileiro, como redução de IPI, colaboraram para controlar os efeitos da crise. Agora é a hora da retomada dos investimentos, das exportações, para colocar de vez o mundo nos trilhos do desenvolvimento vigoroso.

Tudo aponta que o Brasil foi o último a entrar na crise e é o primeiro a sair, graças ao bom trabalho do governo Lula. O ministro Guido Mantega afirma que o Brasil em breve vai ser a 5ª economia do mundo.

O que precisa mudar é a distribuição de renda, não adianta ser um dos países mais ricos, com uma população imensa de miseráveis. Claro que essa questão vem melhorando, mas é pouco. Como diziam os militares, agora que o bolo cresceu é hora de dividir.




sexta-feira, 11 de setembro de 2009

A ética jornalística

Ética

OPINIÃO

Hoje fugindo um pouco da linha deste blog, vou opinar sobre um tema bastante polêmico, que sempre me despertou uma certa indignação, a ética jornalística. Segue abaixo um discurso, não sei se radical, mas é aquilo que eu penso e outras pessoas comungam comigo da mesma idéia, mas tem aqueles que descordam, então se você ao ler a postagem abaixo descordar ou concordar, mostre sua opinião. Vez em quando eu postarei este tipo de desabafo aqui para por pra fora aquilo que eu penso e acredito.



Ética é ética em qualquer profissão, como escreveu Claudio Abramo e concordo com ele, a ética do jornalista e do marceneiro são as mesmas. Ser ético no jornalismo é seguir o que rege a profissão, ou seja, o Código de Ética, que contém as regras a serem seguidas pelos profissionais, o jornalista tem o dever de informar tudo o que for de interesse público com verdade, imparcialidade, objetividade, respeitando os direitos humanos e a legislação, entre tantas outras questões abordadas no código. Tudo isso na visão de quem fez o código.

Porém na pratica a questão é um tanto quanto diferente, pelo pouco que pude perceber o jornalista ele segue a ética da empresa, que pode algumas vezes não bater com a ética da profissão, concordo em alguns pontos porque o código dos jornalistas é um tanto quanto fantasioso. Vivemos em um mundo capitalista, onde o que manda é o dinheiro, e não adianta dizer que vou seguir a ética ao pé da letra, prefiro dizer que vou seguir os meus princípios que para a sociedade pode ou não ser tão ético.

Sou da seguinte opinião aquilo que não é ilegal, aquilo que é lícito pode ser feito, mas nem tudo que é lícito convém, é ai que entra a moral, a ética da pessoa, o individual. O que é ético pra mim pode não ser para o outro, nem para a sociedade, mas eu prefiro seguir o que eu penso, respeitando o que os outros pensam, a coletividade.

Como futuro profissional eu não me obrigarei a fazer aquilo que vai contra os meus princípios, mas tenho uma visão bastante mercadológica das coisas e entendo que sem dinheiro não se vive, então é um tanto quanto demagógico dizer que farei isso ou aquilo, vai depender das circunstâncias, todo mundo tem um preço. Vou seguir a ética da empresa em que eu trabalhar, que claro eu só vou trabalhar nessa empresa se os ideais dela forem parecidos com os meus. Falo isso quando eu já estiver estabilizado profissionalmente, porque quando se sai da faculdade não dá pra recusar uma primeira oportunidade de trabalho.

Para finalizar, quando li o código de ética do jornalismo, parecia que eu estava lendo algo que não existe, afinal logo no começo diz: a divulgação da informação precisa e correta é dever dos meios de comunicação e deve ser cumprida independentemente da linha política de seus proprietários e/ou diretores. Ai já não bate com a realidade, toda empresa tem sua linha editorial que segue os interesses do dono e o jornalista tem que seguir essa linha ou está fora, então é como eu já disse, pretendo trabalhar na empresa que tiver a linha editorial que se aproxime da minha idéia de fazer jornalismo, que é informar a verdade, de forma clara, tudo aquilo que realmente interessa ao público, mas acima de tudo vender muito, porque a empresa precisa de dinheiro para se manter e eu também, só não farei aquilo que for contra a lei.

Desculpem-me os idealistas, mas o jornalismo com cara socialista já é passado, quem persistir nessa linha está fadado ao fracasso. Basta olhar o mercado de trabalho, ali está a realidade. Na faculdade muitas vezes são passadas teorias que não correspondem a pratica. Por isso penso que o ensino de jornalismo precisa mudar. E o código de ética precisa ser alterado, já que foge em grande parte a realidade.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Nelsinho confessa acidente armado

Esporte

NOTÍCIA

O piloto brasileiro Nelsinho Piquet confirmou à FIA (Federação Internacional de Automobilismo) que provocou propositalmente o acidente no GP de Cingapura de F-1 do ano passado para favorecer seu companheiro na Renault, o espanhol Fernando Alonso.

O depoimento, prestado na condição de delação premiada, ou seja, com garantia de que não haverá punição ao piloto, foi divulgado nesta quinta-feira pelo site "F1SA".

Segundo o dossiê, Nelsinho foi orientado pelo chefe da equipe Renault, Flavio Briatore, e o engenheiro-chefe da escuderia francesa, Pat Symonds, a sacrificar sua prova em benefício de Alonso.

A orientação de como deveria ser o acidente foi dada por Symonds. O brasileiro deveria bater entre as voltas 13 e 14 da prova, na curva 17, um local que obrigaria a entrada do safety car na pista.

Alonso foi para seu pit stop antes de todo mundo, pouco antes da batida. Em seguida, foi beneficiado pela entrada do carro de segurança e acabou mantendo a primeira colocação até o final, vencendo a prova.

Fonte: http://www.folha.com.br



OPINIÃO

Que coisa feia! Em começo de carreira e já se dispondo a cometer atos como esse, que falta de ética e profissionalismo. Claro que o mais culpado ai foi o Briatore e os chefes da Renault, mas Nelsinho e Alonso também tem culpa, esse caso teve o mandante, o executor e o cúmplice e todos devem ser punidos. Agora resta saber se Nelsinho vai conseguir voltar ao automobilismo, espero que não, pessoas desonestas não merecem espaço, o Alonso também deveria pedir pra sair, que graça tem ser campeão roubando, o Briatore então, esse deveria ser preso.

Marta no Santos

Esporte

NOTÍCIA

A jogadora Marta foi apresentada oficialmente nesta quinta-feira, no estádio da Vila Belmiro, como reforço do time feminino de futebol do Santos para as disputas da Copa do Brasil e da Taça Libertadores.

Eleita três vezes a melhor jogadora do mundo, Marta foi contratada por empréstimo de três meses do Los Angeles Sol, clube pelo qual conquistou o vice-campeonato da WPS, a liga feminina norte-americana profissional de futebol.

Além de Marta, o Santos contratou também a atacante Cristiane, outro destaque da seleção brasileira feminina de futebol, atual vice-campeã olímpica e mundial.

Fonte: http://www.folha.com.br



OPINIÃO

É bom saber que os times brasileiros começam a valorizar também as equipes femininas de futebol. Estamos acostumados a ver apenas investimentos no futebol masculino, eu confesso que não conheçia nenhum time oficial de futebol feminino no Brasil, a não ser a seleção, que tantos resultados bons já nos trouxe. Agora é acreditar que outros grandes clubes também formem equipes femininas e façam um campeonato tão bom quanto o masculino, e que as jogadoras sejam valorizadas, porque elas merecem.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Corrida Armamentista

Perigo?

NOTÍCIA

Uma questão que há algum tempo preocupa autoridades e especialistas, a possibilidade de que a América Latina caia numa corrida armamentista. A região que durante muitos anos deixou o aparato militar em segundo plano, vem tentando recuperar o tempo perdido, em buca de aparelhar melhor suas Forças Armadas.

A Venezuela depois de adquirir equipamentos de guerra, quer agora parceria com o Irã para energia nuclear. A Colômbia aliada aos EUA pode ter uma base norte americana em seu território. O Brasil temendo o que pode acontecer no futuro já se prepara para a defesa em parceria com a França, comprando submarinos, aviões, helicópteros e vem mais por ai.

Por um lado realmente causa uma preocupação, já que vimos esse filme na Europa no século passado, quando Inglaterra, Alemanha, França e outros disputavam quem tinha mais força militar, no intuito de dominar o mundo, resultado duas guerras mundiais.

No nosso caso vejo de maneira diferente, os países latinos não querem atacar, querem se defender, afinal o mundo está de olho pra cá, tem a Amazonia e suas riquezas, a maior reserva de agúa potável do mundo, os minerais, entre eles o petróleo e agora o pré-sal, e a vasta área para a produção de alimentos.

O mundo vê no futuro uma enorme crise extamente nessas áreas em que a América Latina, em especial o Brasil é uma potência. Temos que nos preparar para o que pode vir acontecer, esperamos que não aconteça, mas é melhor prevenir do que remediar. Levando em conta que as Forças Armadas Brasileira, com todo respeito, está totalmente defasada, se nos atacassem agora, o melhor que poderiamos fazer era nos render, então vejo mais pelo lado positivo da coisa, o Brasil como um país que vem se destacando e ganhando espaço no mundo como uma potência economica precisa se cuidar. Ainda bem que o Lula percebeu isso, já que os governos anteriores fizeram o minímo nessa área e nunca deram a atenção devida, antes tarde do que nunca, ou melhor, antes que seja tarde demais.



Fonte: http://www.estadao.com.br/ e http://www.oglobo.com/

sábado, 5 de setembro de 2009

Alcoolismo

Capa

NOTÍCIA

A revista veja desta semana traz na capa um grande problema que assola muitas famílias no Brasil e no mundo, o alcoolismo. O que leva as pessoas a beberem tanto? Seria o caso de proibir o consumo de álcool? Quantos são alcoólatras? Quantos serão no futuro? Qual o mal que o álcool traz? São questões respondidas pela revista.

Ao ler essa matéria parei e refleti, sou universitário e convivo diariamente com colegas que só tem uma coisa em mente quando conversam: bar, bebida, balada, cerveja. Confesso que não tenho nada contra, mas me assusta, porque segundo li na revista são essas pessoas que serão os alcoóltras de amanhã. Quando perguntado se bebem dizem: Sim, mas só quendo eu quero, aí é que está o problema eles querem sempre! Dizem que tem que curtir, aproveitar a vida enquanto são jovens, mas não percebem que esse é o caminho para algo que dificilmente tem volta.

Todos concordamos que o viciado não se assume, ele acha que tudo é normal. Essa capa veio a calhar, não bebo, porque não gosto do sabor do álcool, prefiro suco ou refrigerante, não estou dizendo que todos tem que ser assim, sabemos que um cálice de vinho diariamente é saudável e outras bebidas em uso moderado também são benéficas, mas o problemas é que as pessoas procuram no álcool um apoio para exetrnar o que não podem quando estão normais. Tenho pena, falta personalidades a essas pessoas, são fracas e se deixam levar por ditos amigos, e pela onda de ser da turma.

Prefiro ser quadrado, mas sou eu, não preciso de álcool para mostrar quem eu sou. Saio, me divirto sem ingerir bebidas alcoólicas e me sinto bem assim, quem bebe reflita se esse é o caminho, não estou dando conselho, apenas estou alertando, a ciência afirma, se continuarmos assim seremos um mundo de alcoólatras. No Brasil 70 milhões já estão na lista dos beberrões. Tenho certeza que vc já está nessa lista. Quer sair? Ainda é tempo, tome uma atitude.



O Pré-Sal

Capa

NOTÍCIA

A capa da revista Época desta semana traz o dilema do Pré-sal, a gigantesca reserva de petróleo escondida longe da costa e a 7 mil metros no fundo do mar, levanta a pergunta, será que vai dar certo? O brasil vai ser capaz de explorar tal riqueza. Uma coisa já se sabe, vai ser preciso muito dinheiro para investir em tecnologia e trabalho duro, o govetno quer que os já acionistas da Petrobrás comecem seus investimentos na mesma proporção do governo. Desta vez não vale empregar o FGTS. Exemplo, se o governo investir 100 por cento do que ele já possui, os acionistas também terão que fazer o mesmo, caso isso não aconteça investimentos estrangeiros serão bem-vindos.
Por enquanto é mais política do que qualquer outra coisa. A esperança é que com o petróleo do Pré-sal o povo brasileiro possa colher melhores frutos e que se melhore a qualidade de vida, gere emprego, sáude e educação de qualidade, serviços dignos a uma população que anceia por isso a mais de 500 anos. Vamos torcer para que o Brasil não se torne um país de Sheiks, porque já somos terra de coronéis, marajás, políticos corruptos, banqueiros ladrões, e povo miserável, basta de adjetivos ruins, que possamos ser uma terra que leve a sério os direitos humanos, a liberdade, a igualdade e a fraternidade. Que o petróleo traga benefícios e não problemas e discórdias.



Levante sua autoestima

Capa

NOTÍCIA

A revista Istoé desta semana traz na capa um assunto mais que atual, a autoestima, vivemos em um mundo que impõe padrões de beleza e sucesso, com isso, quem foge aos padrões se vê diminuído e muitas vezes excluído. É a hora de mudar essa realidade, cada um de nós temos que nos olhar no espelho e pra dentro de nós também e perceber que temos qualidades, somos tão bons ou belos quanto os modelos que nos são impostos pela mídia e pela sociedade. Concordo que devemos nos cuidar, um pouco de vaidade não faz mal a ninguém e querendo ou não ajuda a valorizar. Sou totalmente a favor de tratamentos estéticos, psicológicos e atualização profissional também. Acredito que tudo contribui para que aquele que não está se sentindo bem, possa melhorar a autoestima, mas acima de tudo temos que nos amar, gostar da gente, assumir os defeitos, mas externar as qualidades, para que todos possam perceber que somos de bem com a vida. Xô depressão, levanta, sacode a poeira e dá avolta por cima!




sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Personagens jornalistas famosos no cinema e na TV

Curiosidades

INFORMAÇÃO

No cinema e na tv são muitos os personagens jornalistas que ficaram famosos, abaixo segue uma lista com alguns desses nomes. Com certeza eu me esqueci de outros tão conhecidos quanto estes, caso você leitor deste blog se lembrar de algum que eu não tenha citado deixe um comentário para que eu possa incluir em uma próxima lista.

Clássico

Cidadão Kane, de 1941, é o maior clássico entre os filmes que discutem a mídia, e um dos mais importantes da história, entre todos os gêneros. No longa, Charles Kane (interpretado por Orson Welles, que também dirigiu o filme) nasce em uma família pobre, mas acaba se tornando um grande magnata da comunicação. Em seu leito de morte, ele pronuncia a palavra rosebud, o que intriga um jornalista e o faz investigar a sua vida.



Cobiçado

Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia), da novela A Favorita, denuncia as falcatruas dos políticos e era assediado pela mulherada. Na trama, o jornalista se envolve com diversas mulheres, como Alícia (Tais Araújo), e tem uma filha com a ex-namorada Rita (Christine Fernandes). Mas seus problemas começam quando fica dividido entre Donatela (Claudia Raia) e Flora (Patrícia Pillar). A malvada chega a tentar matá-lo quando ele descobre seus crimes.



Com sangue frio

Truman Capote, um dos mais famosos jornalistas americanos dos anos 60, que também flertava com a literatura em obras como Bonequinha de Luxo. Em Capote, são revelados os bastidores da maior reportagem da vida de Truman, que resultou no livro A Sangue Frio. Ele investiga a chacina de uma família numa cidadezinha do Kansas e acaba criando estranhos laços com os assassinos, ao entrevistá-los diversas vezes em visitas à prisão.


Enlouquecido

Medo e Delírio exemplifica o ''jornalismo gonzo'', em que o repórter foge às regras do jornalismo tradicional e vivencia as situações, sem compromisso com a objetividade, às últimas consequências. O gênero foi criado por Hunther S. Thompson, autor do livro que deu origem ao longa. No filme, Johnny Depp é o jornalista esportivo Raoul Duke, que leva seu advogado Gonzo (Benicio Del Toro) para cobrir uma corrida de motocicletas no deserto de Las Vegas. Os dois gastam todo o dinheiro com álcool e drogas, e o repórter acaba fazendo uma narrativa literária sob seu ponto de vista alterado.


Engajado

Na novela Senhora do Destino, Dirceu de Castro (José Mayer) chega a ser preso por defender o jornal Diário de Notícias durante o regime militar. Na prisão, o jornalista conhece Maria do Carmo (Susana Vieira) e se envolve em outra boa causa, pela qual luta durante cerca de 20 anos: encontrar Lindalva (Carolina Dieckmann), a filha roubada da retirante nordestina. Depois de cumprir essa missão, ele investe na retomada do jornal, que estava fechado desde 1968.


Sensacionalista

No filme O Quarto Poder, Dustin Hoffman vive o repórter Max Brackett, que percebe uma oportunidade de brilhar à custa de Sam Baily (John Travolta), quando este sequestra os visitantes do museu de onde foi demitido. O jornalista conquista a confiança do ex-funcionário revoltado, prometendo ajuda. Na verdade, ele manipula as informações que consegue em entrevistas com o criminoso e sua família, de forma a prejudicá-lo. Com isso, faz uma cobertura sensacionalista e consegue altos índices de audiência na TV.


Precoce

Cameron Crowe tornou-se repórter da Rolling Stone em 1973, quando tinha apenas 16 anos de idade, e entrevistou grandes nomes do rock and roll internacional. Em 2000, como diretor, ele levou para o cinema uma história muito parecida com a sua, também ambientada nos anos 70, no filme Quase Famosos. O personagem principal, William (Patrick Fugit), tem 15 anos e a oportunidade de fazer uma grande reportagem para uma revista musical. Ele acompanha a turnê da banda Stillwater pelos Estados Unidos e conhece a intimidade de seus integrantes e das groupies, fãs que acompanham o grupo.




Super-repórter

O Superman além de tentar salvar o mundo, fugir dos efeitos da kryptonita e lutar contra vilões poderosos, como Lex Luthor consegue arranjar um tempinho para exercer sua veia jornalística. Clark Kent, trabalha na redação do Planeta Diário, em Metropolis. E ainda tem um romance com sua colega de trabalho, Louis Lane.



Sobrevivente


Em Cidade de Deus, Buscapé (Alexandre Rodrigues) acompanha a rotina de violência e miséria que atinge seus amigos e sua família em uma comunidade do Rio. Ele resiste à tentação de ganhar dinheiro com o roubo e o tráfico, e segue seu sonho de tornar-se repórter fotográfico. O garoto se arrisca para fotografar vários momentos do conflito entre os bandos de Zé Pequeno (Leandro Firmino) e Mané Galinha (Seu Jorge), os maiores traficantes locais, com esperanças de conquistar um cargo melhor no jornal em que trabalha.



Ambiciosa

Em Uma Vida em Sete Dias, Angelina Jolie é Lanie, uma repórter ambiciosa que deixa a vida pessoal de lado para crescer na profissão. Até que, em uma de suas reportagens, ela se depara com o profeta Jack (Tony Shalhoub). O vidente conta a Lanie que só lhe restam sete dias de vida. Com isso, a jornalista passa a repensar seus valores.



Herói

Peter Park sempre usa suas habilidades para tirar fotografias para vender para o jornal O Clarim, vive entre a correria da redação, as loucuras de um chefe o sonho de ser promovido e as aventuras de ser o homem aranha, mas sempre leva a melhor como herói.


quarta-feira, 2 de setembro de 2009

JN 40 anos

Parabéns

NOTÍCIA

A proposta era ambiciosa: levar ao ar o primeiro telejornal transmitido em rede nacional no Brasil. Naquela época, a TV Tupi apresentava o tradicional Repórter Esso. O homem havia acabado de chegar à Lua. Os aparelhos de televisão veiculavam imagens em preto e branco. Foi nesse contexto que, no dia 1o de setembro de 1969, a emissora de Roberto Marinho lançou o telejornal que se tornaria e se manteria até hoje como o mais importante do País. "O Jornal Nacional da Rede Globo, um serviço de notícias integrando o Brasil novo, inaugura-se neste momento: imagem e som de todo o Brasil", anunciou o apresentador Hilton Gomes, que ocupava a bancada ao lado de Cid Moreira.

Terminado o programa, Armando Nogueira, o idealizador do JN, pôde comemorar, a transmissão não apresentou os temidos problemas técnicos. Ele e Alice Maria Tavares Reiniger, que fazia parte de sua equipe, começavam naquele momento a escrever um novo capítulo do telejornalismo nacional. Quinze meses depois, o concorrente Repórter Esso saiu do ar.

Desde os primórdios, o break do JN já era considerado espaço nobre para a consolidação de marcas e o lançamento de produtos. Tanto que o próprio nome da atração despertou o interesse do extinto Banco Nacional de Minas Gerais, que se tornou o seu primeiro patrocinador. De lá para cá, a condição só se fortaleceu, e atualmente o seu intervalo é o mais caro da televisão brasileira, o valor de tabela é de R$ 367,7 mil para o comercial de 30 segundos. Um custo superior até mesmo ao da novela das nove e do Fantástico.

"Há 40 anos, o Jornal Nacional é o eixo da grade da Globo, da mídia de qualquer grande agência e do cotidiano da maioria dos brasileiros", comenta Washington Olivetto, chairman da W/."O JN é mais do que um programa; é uma instituição", acrescenta Adílson Xavier, presidente da agência Giovanni+DraftFCB. "O que sai ali é dito para o País inteiro."

Além da alta audiência, de cada cem televisores ligados quando a atração vai ao ar, 57 estão sintonizados na Globo, o noticiário oferece outro diferencial aos anunciantes: o break é mais curto e a quantidade de comerciais, menor, assim como o índice de dispersão.

Com público composto prioritariamente pela classe C (41%, ante 27% das classes AB e 32% da DE, segundo o Ibope Telereport), o JN aposta em uma linguagem mais simples e informal, hoje incorporada especialmente pelas figuras de seus âncoras, o casal William Bonner (que também ocupa o cargo de editor-chefe do programa) e Fátima Bernardes.

Em situações especiais, como a Copa do Mundo ou a visita do papa Bento XVI ao Brasil, um dos apresentadores fica na bancada, enquanto o outro transmite as notícias in loco. Tanto Fátima quanto Bonner se tornaram mais do que pessoas públicas. Eles alcançaram status de celebridade. Basta lembrar o episódio da chapinha japonesa, quando a mudança no cabelo de Fátima tornou-se uma das notícias mais comentadas do Brasil.

A dupla Bonner e Fátima está à frente da bancada do JN desde 1998. Mas foi Cid Moreira o apresentador que, até hoje, por mais tempo conduziu o programa, ao todo 27 anos. Sergio Chapelin, Celso Freitas e Lilian Witte Fibe são outros nomes que tiveram a incumbência.

Do ponto de vista editorial, ao longo de quatro décadas, o telejornal foi o responsável por importantes furos jornalísticos e por eternizar na mente dos brasileiros alguns dos fatos mais importantes da história recente.

É quase impossível não se lembrar de Pedro Bial, na época ainda correspondente internacional, noticiando a queda do Muro de Berlim. Ou da entrevista com Paulo César Farias, ex-tesoureiro do ex-presidente Fernando Collor, que estava foragido. Mas o JN também teve seus momentos nebulosos. Certamente o mais comentado deles foi a edição do debate de 1989 entre os então candidatos à Presidência da República Fernando Collor de Melo e Luiz Inácio Lula da Silva. As cenas exibidas durante o jornal teriam favorecido Collor e sido decisivas para a derrota de Lula.

Fonte: http://www.meioemensagem.com.br




OPINIÃO

Parabéns JN pelos 40 anos de jornalismo, embora tenha suas falhas, que são muitas quanto a ética e a linha editorial, temos que dar o braço a torcer e reconhecer que o Jornal Nacional é sem dúvida o principal jornal e por onde a população brasileira, bem ou mal, se informa.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Lula cria Blog

Política

NOTÍCIA

O Blog do Planalto, canal de comunicação criado para divulgar as ações da Presidência, entrou no ar nesta segunda-feira (31/08). No post de abertura, um vídeo de boas-vindas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Nós iremos passar para a sociedade brasileira que viaja na Internet todas as informações, em tempo real, daquilo que acontece no Planalto, daquilo que eu faço, das minhas viagens”, disse o presidente, pedindo contribuições dos internautas, sem citar que o blog não possui espaço para comentários.

O Blog não será escrito por Lula. Inspirado no Blog da Casa Branca, o site não será privativo do presidente, ele irá publicar informações sobre as ações da presidência. Os posts serão produzidos por uma equipe de profissionais especialmente contratada para essa finalidade.

Apesar de o acesso ao público ter sido liberado apenas nesta segunda-feira, o primeiro post publicado é do dia 28/08. Os textos falam sobre a reunião da cúpula da Unasul e, principalmente, sobre a exploração de petróleo na camada pré-sal.

O blog possui os espaços Opine e Discreta Lente. O primeiro é uma enquete, que, no momento, pergunta sobre em que os recursos do pré-sal devem ser investidos. No segundo, imagens produzidas pelo fotógrafo Ricardo Stuckert sobre o cotidiano do presidente.

Por conta da grande procura, foram relatados problemas no acesso ao site. A previsão era atender seis mil conexões, mas o número foi superado.

O Blog do Planalto é o segundo canal de comunicação criado pela Presidência neste ano. No início de julho, a coluna “O Presidente Responde” começou a ser distribuída para os jornais interessados.

Para conhecer o blog acesse: http://blog.planalto.gov.br/

Fonte: http://www.comunique-se.com.br/




OPINIÃO


Bacana, mais um canal de contato e comunicação entre o poder e o povo, pena que nem tudo vai ser comentado, afinal o Lula só vai falar do lado bom, é uma tática já pensando em 2010, é preciso mostrar o que vem sendo feito pelo governo e a internet é um bom caminho.

Corinthians completa 99 anos

Esporte

NOTÍCIA

Nesta terça-feira, dia 1 de setembro, um dos clubes mais populares do país completa 99 anos de fundação.

A diretoria, no entanto, já pensa centenário. Tanto que irá inaugurar nesta manhã, no Parque São Jorge, dois relógios que farão contagem regressiva para os 100 anos. Em seguida, o presidente Andrés Sanchez falará sobre o seu planejamento para a próxima temporada em entrevista coletiva.

As comemorações pelos 99 anos também não foram esquecidas. Pelo contrário. No Dia do Corinthians, conforme intitula o clube, 250 garotas circulam pela cidade de São Paulo com uniformes do time e bandeiras com a inscrição "Começou o centenário".

O Corinthians ainda convocou todos os seus torcedores a demonstrarem a paixão pelo clube, com trajes, bandeiras e atitudes, neste 1 de setembro.

A festa ficará reservada à direção e à torcida. À tarde, no Parque Ecológico do Tietê, a equipe comandada por Mano Menezes fará seu último treinamento antes do clássico contra o Santos, quarta-feira.

Fonte: http://www.abril.com/



OPINIÃO
Parabéns Corinthians pelos 99 anos, meu time do coração. Não sou fanático, mas tenho muita admiração e respeito por esse clube que honra sua camisa. Amanhã contra o Santos espero um presente, embora o aniversário seja do time, acredito que nós torcedores merecemos esse carinho. E que venha o centenário e a Libertadores!